Masoquismo de Polanski

f14a5d96e_353017091013

Depois de filmes “mornos” e pouco arriscados como ‘O Escritor Fantasma’ e ‘Deus da Carnificina’, ‘A Pele de Vênus’ é mais ousado, e até por isso muito mais interessante. Primeiro filme de Roman Polanski rodado em francês, com apenas dois personagens e todo passado dentro de um teatro, conta a história de uma atriz, Vanda (Emmanuelle Seigner), que chega atrasada a um teste para uma peça de teatro e encontra o diretor, Thomas (Mathieu Amalric), prestes a ir embora. A peça em questão é ‘Venus in Fur’, do austríaco Leopold Sacher-Masoch, a quem devemos o termo “masoquismo”.

venus-1
A partir desse encontro, um jogo de perversões e submissão se instala entre Vanda e Thomas que começam a viver entre eles as perversões dos personagens. Lembrando que Polanski é diretor do clássico ‘Repulsa ao Sexo’, polêmico filme de 1965.

 

venus-in-fur-poster01

A Pele de Vênus (La Vénus à la fourrure, França)
Direção e Roteiro: Roman Polanski
2014 | color | 96 min. | Ficção | 16 anos